My Trip to Portugal – Lisbon

Santa Maria de Belém antigo bairro de Lisboa. Belém está ligada aos Descobrimento, quando D. Manuel l subiu aos trono em 1495.

Mosteiro dos Gerônimos

Uma das 7 maravilhas de Portugal

Detalhe do Portal Sul uma das peças mais ricas da arquitetura portuguesa do gótico tardio. A sua estrutura atinge os 32 metros de altura e mais de 12 de largura, apresentando-se como uma verdadeira «porta da cristandade» de características triunfais.


Time Out

    O Mercado da Ribeira, no Cais do Sodré,  O Time Out, uma praça de alimentação administrada pelo seu homônimo, Time Out Lisboa Magazine.  O espaço gastronómico com varios restaurantes nos quiosques, entre os quais: Sea Me, Prego da Peixaria, Café de São Bento ou Honorato; os chocolates da Arcádia, as conservas da Conserveira de Lisboa, os gelados da Santini, as propostas da Garrafeira Nacional e de João Portugal Ramos, o Paste de Belém da” Manteigaria” do lado de fora do Time Out. Confesso que é melhor que o Pastel de nata de Belém. 

 ♥..A história do Pastel de Belém..♥

Os Pastéis de Nata são o símbolo de Belem. Com quase 200 anos, a história do Pastel de Belém ainda se baseia bastante em contos e lendas. Acredita-se que o doce, uma marca registrada e autêntica de Portugal, surgiu no início do século XIX, tendo sido criada pelos monges do Mosteiro dos Jerônimos, localizado em Belém, atual bairro de Lisboa.

Dizem que eles encontraram nesta receita uma maneira de aproveitar as gemas que sobravam da fabricação de hóstias, que na época eram feitas de farinha de trigo e clara de ovo. Só eles trabalhavam na confeitaria de Belém e, por isso, somente eles sabiam como preparar o tradicional doce, sem que pudessem revelar o segredo a ninguém.

Nesse período, os clérigos do mosteiro confeccionavam e vendiam os pastéis para a população, em uma tentativa de subsistência. No entanto, a partir do ano de 1920, ocorreram as revoluções liberais e todos os monges e freiras tiveram que sair de seus conventos. Com isso, os trabalhadores laicos que viviam no espaço, inclusive os pasteleiros, saíram à procura de novos empregos.

Por sorte, um dos doceiros do mosteiro encontrou-se com um comerciante, Domingos Rafael Alves, que tinha uma antiga refinaria de açúcar. Ele, completamente interessado pela receita, conseguiu descobrir o segredo da preparação, levando o então monge para trabalhar com ele.

O comerciante começou então a vender os doces, que receberam o nome de “Pastéis de Belém”. Inicialmente, ele os comercializava na própria refinaria e, mais tarde, em uma lojinha que se chamava “A antiga confeitaria de Belém”.  Fonte:  Blog Massa Madre

No site lisbon-city-guide vc vai encontrar uma lista dos melhores pasteis de Nata em Lisboa com nomes dos Cafes e restaurantes.

Time Out

O conhecido funicular, o Elevador da Bica, é uma das principais referências da Rua da Bica e que todos os dias leva milhares de turistas aquele local na cidade de Lisboa.

A rua da Bica de Duarte Belo, em Lisboa, que liga a Travessa do Cabral ao Largo do Calhariz foi eleita como a rua mais bonita do mundo.

A Brasileira

O Café A Brasileira do Chiado é o mais famoso dos antigos cafés de Lisboa.  Um dos seus mais fiéis clientes foi certamente o poeta Fernando Pessoa.  Fica na rua Garett, a estátua do Fernando Pessoa impressa na porta.

 

Lisbon

   Chiado é uma das áreas mais movimentadas e cosmopolitas da capital e é uma parada obrigatória. Alí está localizado o Teatro Nacional de São Carlos no centro histórico de Lisboa. No mesmo largo, em frente ao teatro, nasceu uma das mais importantes figuras da poesia portuguesa Fernando Pessoa.     

O teatro foi designado com o nome da princesa D. Carlota Joaquina de Bourbon. (Infanta de Espanha), que veio a Portugal em 1790 para casar com o futuro rei, o príncipe João Carlos.  A inscrição latina da placa comemorativa, dedica o teatro à princesa.

No início do século XIX, quando a corte fugiu para o Brasil para escapar às invasões das tropas napoleónicas, um teatro, a exemplo do São Carlos foi construído no Rio de Janeiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *